Segurança pública é novamente o tema do deputado Comte

O SR. COMTE BITTENCOURT – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho a esta tribuna, mais uma vez, para tratar da questão da segurança ou, mais propriamente, da falta de segurança na região da cidade de V. Exa., São Gonçalo, de Niterói, Leste Metropolitano do Rio de Janeiro.

O Governador Sérgio Cabral, recentemente, inaugurou uma nova Companhia Independente, um destacamento, no bairro de Pendotiba e lá se transformou num grande ato político em prol do Governo do Estado e da sua política de segurança, aplaudido pela população local.

Aqui, no ano passado, fizemos uma Audiência Pública na Comissão de Segurança, requerida pelo meu mandato, com a presença da população de Pendotiba, mais especificamente, Sapê e adjacências, onde se trouxe a grande demanda do problema que estava se transformando a questão da segurança naquela área.

O Governo do Estado prontamente atendeu, localizando lá uma Companhia Independente, um destacamento da Polícia Militar. Foi feito um grande ato em defesa da política de segurança deste Governo.

Mas se nós olharmos tudo o que aconteceu nas cidades de Niterói e São Gonçalo, nesses cinco últimos finais de semana, vamos ver que o problema de segurança continua gravíssimo, vamos ver que o problema de segurança na nossa região continua sendo, sim, a falta de uma política de segurança. Não temos notícia efetiva do aumento do Batalhão, do aumento da quantidade de policiais no Batalhão; não temos visto, Deputado José Luiz Nanci, quando os problemas da insegurança aparecem, e aparecem de forma rotineira, esses mesmos que foram lá aplaudir, os chamados aliados do Governador Cabral, em Niterói; não tenho visto os aliados do Governador irem para imprensa cobrar mais segurança ou justificar a falta de política de segurança para a nossa região.

Parece que a turma dos aliados do Cabral, em Niterói e São Gonçalo, só aparece na hora da festa, na hora do bolo, na hora dos parabéns, na hora em que se cria um marketing para mostrar que algo foi feito. Mas, na hora de enfrentar o problema, criticando, denunciando e cobrando do Sr. Governador, todos se calam, todos se calam. Na hora da festa, todos aparecem. Na hora das cobranças, todos se escondem.

A grande verdade é que este Governo está terminando a gestão do seu oitavo ano e devendo à população de Niterói aquilo que foi prometido, há oito anos, na campanha de 2006, aquilo que o Governador do Estado se comprometeu por duas vezes, ou seja, enganou a população duas vezes.

Será que a população de São Gonçalo vai ser enganada uma terceira vez, Deputado José Luiz Nanci? Duas vezes já foi enganada: eleição de 2006, eleição de 2010. Será que, agora, com as eleições de 2014, se avizinhando, serão enganados mais uma vez?

Está na hora da população de Niterói mostrar nas urnas a cobrança e a insatisfação com o Governo Cabral. Está na hora da verdade e da cobrança de uma política que foi negada à população de Niterói de da Região Metropolitana do Leste Fluminense.

Sr. Governador, lamentavelmente, a sua política de segurança para o interior do Estado do Rio de Janeiro foi um fracasso completo. A população ficou sete anos e meio – estamos nos aproximando de sete anos e meio – à mercê, pela ausência de uma política concreta, uma política estratégica de segurança para a nossa região.

Quero aqui, Sr. Presidente, terminando, convocar os que defendem o Governo, na nossa Cidade de Niterói e na sua cidade. Está na hora desses que defendem o Governo se apresentarem e se justificarem à população e não apenas marcarem presença no momento da festa, no momento onde apenas trazem as boas notícias. É hora do enfrentamento da verdade numa cidade que foi entregue à sua própria sorte.

Está na hora de cobrarmos desse Governo, e a forma de cobrar é a resposta nas urnas. Não é possível a população de Niterói ser enganada pela terceira vez pelo mesmo Governo. A hora de dar o basta será no dia 5 ou 6 de outubro, nas próximas eleições. Muito obrigado.

Posts recentes