Secretário estadual de Educação apresenta prioridades da pasta para 2011 na Alerj

RIO – O secretário estadual de educação, Wilson Risolia, afirmou que a melhoria das condições de trabalho dos docentes e a redução da distorção idade/série são as duas principais metas da pasta para 2011. A declaração foi dada durante encontro com a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quarta-feira. Segundo o secretário, é preciso encarar o passivo de anos anteriores e preparar os jovens para as oportunidades que surgirão no estado com a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Para Risolia, a questão salarial dos professores é um ponto mais delicado, já que há implicações orçamentárias e previdenciárias, mas também está na pauta. Ele ressaltou que, por enquanto, já estão sendo distribuídos a todos os funcionários da rede o auxílio-transporte, que varia entre R$ 56 e R$ 90, e o auxílio-qualificação para os docentes que estão em sala de aula deve começar a ser pago em maio.

– Salário é um assunto um pouco mais complexo, porque temos que analisar também a questão fiscal e previdenciária, o que demanda um pouco mais de tempo, mas isso também está na nossa agenda – garantiu.

Na Alerj, o secretário foi cobrado pelos deputados para que o plano de metas do governo do estado esteja casado com o Plano Estadual de Educação. Para o presidente da comissão, Comte Bittencourt (PPS), o plano garante a continuidade nas políticas de educação do estado.

Enquanto o líder do governo, André Correia (PPS) defendeu os avanços da gestão de Sérgio Cabral, a diretora do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe), Vera Nepomuceno, e o deputado Marcelo Freixo (PSOL) criticaram a forma como a área vem sendo conduzida. Para eles, qualquer solução passa pelos salários dos professores.

– Acredito que o importante seja valorizar para atingir a meta e não atingir a meta para valorizar. Essa eficiência econômica do governo tem um custo social muito grande – alertou Freixo. 

O Globo On Line

 

Posts recentes