Professores pedem permanência de diretor do Liceu Nilo Peçanha

O Fluminense
Danielle Rabello
04/02/2009

Uma comissão de professores da Escola Estadual Liceu Nilo Peçanha, de Niterói, foi recebida no fim da tarde de ontem no gabinete do deputado Comte Bittencourt (PPS), na Assembleia Legislativa (Alerj). Na pauta do encontro estava a exoneração do diretor da unidade, professor Celso Lopes.
Os professores pediram a ajuda do deputado para conseguir uma audiência com a secretária de Educação, Tereza Porto, para tentar reconduzir o diretor ao cargo.
“Expliquei a eles que as comissões da Alerj para este ano ainda estão se formando. Mas me comprometi a tentar marcar a audiência com a secretária. Este é um movimento que preocupa e reforça o projeto de que as escolas tenham eleição direta de seus diretores. Eu ainda desconheço os motivos da exoneração do diretor, só sei o que li na imprensa e o que os professores me contaram, mas é complicada a exoneração de um diretor que tem o apoio da comunidade escolar. Vou procurar a secretária para esclarecer esta história”, informou o deputado.
Pela manhã, os diretores adjuntos e professores se reuniram com a nova diretora nomeada para a unidade, Célia Quaresma, e a coordenadora da Metropolitana VIII, Rita de Cássia.
Recondução – De acordo com o diretor adjunto Antônio José dos Santos Pires, Célia teria informado que está no cargo interinamente, e pediu aos professores que indiquem o nome do novo diretor, de preferência até o início do ano letivo, na próxima segunda-feira, dia 9.
“Deixamos bem claro que não queremos outro diretor e sim a recondução do professor Celso Lopes ao cargo. Informamos que somos todos adjuntos demissionários, caso o Celso não volte”, falou.
Hoje, às 14 horas, os professores se encontram na escola e de lá seguem para a sede da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), a fim de entregar o documento formulado na reunião de segunda-feira, pedindo a volta do diretor Celso Lopes.
Celso foi exonerado do cargo de diretor do Liceu na última segunda-feira, por não ter entregado o quadro de horários da escola dentro do prazo estipulado pela Seeduc.

Posts recentes