O Globo Online – Presidente da Comissão de Educação da Alerj pedirá que Jorge Picciani libere doação de recursos para bandejão do Cap-Uerj

Comte Bittencourt e outros deputados se encontraram com alunos e professores para ouvir reivindicações

POR CELIA COSTA

RIO – Deputados da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) participam na manhã desta quarta-feira de uma audiência pública no Colégio de Aplicação da Uerj. A escola foi ocupada há uma semana. O deputado Comte Bittencourt (PPS), presidente da comissão, se comprometeu como os alunos a conversar com o deputado Jorge Picciani (PMDB, presidente da Alerj, sobre a possibilidade de a Alerj doar recursos próprios para a realização de obras e implantação do bandejão no CAp-Uerj

Apenas os alunos do terceiro ano do do Ensino Médio estão tendo aulas. O estudantes reivindicam merenda escolar, acessibilidade e inclusão, além de obras de infraestrutura no prédio da escola, que funciona no Rio Comprido.

O deputado disse que marcou o encontro para ouvir as reivindicações e poder fazer a mediação com o governo do estado.

– Na sexta-feira, dia 3 de junho, agendamos um encontro na Alerj com o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, para levar as reivindicações dos estudantes. Queremos fazer a mediação. Um dos pontos levantados pelos estudantes é a questão da merenda escolar. Isso é necessário. Ainda mais numa escola com sistema de cotas – disse Comte.

Para a vice-diretora do CAp, Mariana Valim, os alunos estão conservando bem a escola:

A escola nunca esteve tão limpa. Eles fizeram um mutirão. Há algum tempo os funcionários terceirizados da limpeza não eram pagos, e isso era um problema. Entendo a ansiedade dos pais em relação à greve, mas os alunos estão demonstrando total comprometimento com a escola, o que espelha a educação e o aprendizado sobre cidadania que eles têm — afirmou Mariana Valim.

Matéria online

Posts recentes