Firjan mostra resultados do mapa de desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro

O presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa deputado Comte Bittencourt recebeu hoje (05/10) para audiência pública representantes da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) para avaliar como estão sendo desenvolvidas as metas estabelecidas na área da educação previstas no Mapa do Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro, elaborado pela instituição em 2006, para o período até 2015. 

Na avaliação de Comte Bittencourt, o estado do Rio de Janeiro está prestes a receber investimentos nos próximos anos que giram em torno de R$150 bilhões, mas sem um projeto definido no setor de educação para aplicação de parcela destes recursos. É também preocupação do deputado se a formação de pessoal especializado está sendo realizada a contento para atender a demanda que virá, sem precisar importar mão-de-obra de outros estados.  “Não basta incentivar a alfabetização, mas sim dar continuidade a todo o processo educacional e pedagógico” afirmou o Comte Bittencourt.

As professoras Hosana Cavalcanti Meireles, Marilda Pimenta Melo e Regina Malta expuseram os projetos que o Sistema Firjan desenvolve no Estado no setor de Educação e ressaltaram que dos 92 municípios do Estado 88 foram contemplados com projetos de parceria com a instituição. De 2000 até 2010, cerca de 270 mil pessoas foram atendidas em alfabetização e ensino de jovens e adultos, contemplando indivíduos dos 15 aos 24 anos.

Todo o projeto Firjan surgiu após pesquisas apontarem que 90% dos empresários constatam a dificuldade que encontram na contratação de profissionais capacitados quer seja para lidar com análise de solução de problemas, na improvisação de alternativas ou capacidade de observação e interpretação de dados. As técnicas da Firjan disseram ainda que, desde a implantação de atividades baseadas nos indicadores do  Mapa,  o crescimento da educação profissional alinhada aos pólos é de 30 por cento.

Participaram ainda desta audiência, representantes da Secretaria de Estado de Educação, da UPPEs, do SEPE e deputados membros da Comissão de Educação.

Posts recentes