Comissão de Educação cobra do governo agilidade no envio do plano de cargos e salários da Faetec

“O que falta é vontade política para que o plano de cargos e salários da Fundação de Apoio à Escola Técnica chegue logo a Alerj e possa ser votado em plenário”, afirmou o deputado Comte Bittencourt, presidente da Comissão de Educação, durante a audiência realizada hoje (08/05).  Na reunião, Comte ainda pediu celeridade ao governo do estado no envio desta matéria já que há orçamento previsto para que a atualização do plano saia ainda este ano. “O que nos cabe é pressionar o Governo para que o documento seja rapidamente enviado à Casa. Este debate está sendo desenvolvido há mais de um ano. Entendo que é de extrema importância a revisão da carreira dos funcionários da Faetec”, declarou o parlamentar.

Segundo ele, a fundação é um equipamento fundamental para o desenvolvimento do estado frente a “todo um novo arranjo educacional que está sendo implementado”. “A Faetec é um braço da formação profissional fluminense”, defendeu Comte.  O presidente da instituição, Celso Pansera afirmou que há um compromisso em colocar o plano em prática, mas não soube precisar a data que a mensagem será enviada à Alerj. “O plano de carreira dos servidores merece um tempo de maturação para que chegue à Assembleia bem resolvido sob o ponto de vista jurídico”, disse Pansera.

O deputado Comte também avisou aos representantes da Fundação que fará uma nova audiência para que a Faetec apresente explicações sobre as  denúncias que a Comissão de Educação está recebendo sobre possíveis aditivos nos contratos das empresas terceirizadas que atuam na instituição. Segundo a denúncia, os valores no contrato foram reajustados em mais de  100%. “Queremos conhecer esses contratos e, para isso, vamos marcar uma nova audiência com a Faetec”, conclui Comte.

Também estiveram presentes a audiência os deputados membros da Comissão, além de representantes dos sindicatos.

 

Posts recentes