Audiência debate residência no HUPE

A audiência que debate a política de residência no Hospital Universitário Pedro Ernesto está acontecendo agora na Alerj. O deputado Comte, presidente da Comissão de Educação, afirmou que não existe uma legislação estadual que ampare esses alunos, que trabalham exaustivamente 60 horas semanais no hospital. O parlamentar também afirmou que está fazendo todo o possível para pressionar o Poder Executivo pela regularização do pagamento dos residentes, que estão com suas bolsas atrasadas há um mês.
O Diretor do Hupe, Edmar José dos Santos, esclareceu que não há regularidade nos repasses da Secretaria de Fazenda. Isto compromete diretamente o funcionamento do hospital, que atualmente só utiliza 200 de seus 512 leitos.
A aluna de Serviço Social Camilla Garcino, representante dos residentes no Conselho de Saúde do HUPE, defendeu que é urgente a elaboração de uma legislação específica para o Rio, que tem uma realidade própria e, portanto, precisa ser revista.

Posts recentes