Em 02 de maio, 2007, por Hyury

Serra da Tiririca

Fundado em 1991, o Parque Estadual da Serra da Tiririca vai começar a sair do papel e sua área será delimitada definitivamente através do Projeto de Lei 3238/06, que foi aprovado, em primeira discussão. Nesta quinta feira, quase 200 pessoas, entre políticos e moradores de Niterói e Maricá, lotaram o auditório na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para a audiência pública. O Projeto, que vai à votação final nas próximas semanas, tem , por enquanto, apenas uma emenda do deputado Aldir Santana corrigindo a delimitação proposta para o Morro das Andorinhas.

“O sentimento da Casa é pela aprovação do projeto o mais rápido possível”, afirmou o deputado Comte Bittencourt (PPS), que presidiu a audiência pública e é o autor do desarquivamento do projeto de lei que delimita o parque da Serra da Tiririca .

Segundo o Secretário Estadual de Meio Ambiente, Carlos Minc, o seu compromisso, agora no Executivo, é fazer com que a Lei seja sancionada em breve.

O Instituto Estadual de Floresta (IEF) foi representado pelo seu vice-presidente Paulo Bedegain que através de um slide show falou sobre a importância econômica dos parques em todo o mundo, a importância ecológica e sócio-econômica que a delimitação poderá trazer para a região. Ele disse ainda que o parque hoje recebe pelo menos, 5 mil visitantes por mês e que com a sua delimitação o IEF poderá construir instalações e fazer melhorias, como mirantes, núcleos de estudo e pesquisa e centros de atendimento.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.