Em 18 de fevereiro, 2008, por Hyury

O Deputado Comte Bittencourt foi um dos parlamentares que votou contra o projeto de lei que institui o dia 23 de abril como feriado em homenagem a São Jorge.

“Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, com todo o respeito ao Projeto encaminhado pelo Sr. Deputado Jorge Babu, bem como à grandeza de São Jorge, que S.Exa. ora apresenta aqui e busca fazer uma homenagem em todo o Estado do Rio de Janeiro, feriado já existente em algumas cidades, como a Capital. É de autoria do próprio Sr. Deputado Jorge Babu, ex-Vereador, essa iniciativa Parlamentar na Cidade do Rio de Janeiro, se não me falha a memória, aprovado na Câmara e homologado pelo Sr. Prefeito – até porque é difícil, dentro de um posicionamento político, especialmente em época de eleição, alguém votar contra um feriado em homenagem a São Jorge, que é um santo padroeiro de uma enormidade de causas.

Mas estamos trazendo para a razão, Sr. Presidente, tirando da emoção que envolve o Sr. Deputado Jorge Babu nessa justa homenagem e trazendo para a razão da economia do Estado do Rio de Janeiro, do calendário letivo de um ano escolar já curto, dos problemas gerados no fluxo de caixa do pequeno e do médio comércio. É um absurdo esta Casa aprovar mais um feriado em território fluminense, onde todos sabemos que os diversos setores da economia hoje discutem o grande calendário de feriados existentes no nosso calendário público e civil.

Então, Sr. Presidente, o PPS está se posicionando contrário, Deputado Jorge Babu, ao seu projeto. Retirei o pedido de verificação de quórum do Plenário, mas fiz questão de consultar as demais lideranças de bancada – PMDB, PDT, DEM, PSC, PT – e todos apontaram uma posição favorável ao feriado. Mas quero registrar o meu voto contrário, o voto contrário do meu partido, o PPS.”

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.