Em 18 de junho, 2008, por Hyury

Laboratório de informática das escolas estaduais voltam a funcionar no segundo semestre

Afastados desde o início de 2007 das funções de orientadores tecnológicos (OT’s), esses professores do estado tiveram hoje (18/06), durante a audiência pública da Comissão de Educação, a confirmação da Secretaria de Estado de Educação, que voltarão aos laboratórios de informática a partir do início de agosto. O deputado estadual Comte Bittencourt, presidente da Comissão, acredita que esse é um ponto positivo da nova gestão. “A decisão foi um atraso em termos de inclusão digital para os alunos das escolas públicas. A nova secretária reconheceu o erro do antigo gestor da pasta e com essa atitude demonstra sua seriedade.”

O chefe de gabinete da Secretária, professor Júlio César da Hora, afirmou que dos 800 aprovados no curso de capacitação, realizado em 2006, cerca de 580 OT’s responderam ao chamado da SEE interessados em retomar suas funções. A coordenadora estadual de tecnologia educacional, professora Maria Adelaide Maio, deu destaque a insegurança dos docentes quanto ao desconhecimento da tecnologia. Para o deputado Comte Bittencourt, a insegurança dos professores é também quanto à instabilidade na função criada pela secretaria. “Temos que ver o que pode ser feito para que esses orientadores não sejam, numa próxima gestão, retirados e os laboratórios fechados novamente, nossos alunos precisam ter acesso a novas tecnologias e não podem ser prejudicados.”

Segundo a secretaria, a rede de ensino conta com 994 laboratórios de informática completos, com média de 10 computadores e uma impressora em cada um. Desses laboratórios, apenas 542 estão ligados a banda larga.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.