Em 21 de maio, 2009, por Hyury

José Nader Filho na berlinda

O Dia 
RICARDO VILLA VERDE
21/05/2009

Corregedoria da Alerj propõe cassação de mandato do deputado por quebra de decoro, com base em relatório da CPI que apura corrupção.

Rio – A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (Alerj) se reúne segunda-feira para analisar representação da Corregedoria da Casa propondo a cassação do deputado José Nader Filho (PTB) por quebra de decoro. Conforme o Informe do Dia antecipou ontem, o corregedor Luiz Paulo (PSDB) propos a cassação de Nader, com base no relatório preliminar da CPI que investiga denúncias de corrupção no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Nader foi indiciado pela Polícia Federal (PF) por suposto envolvimento no esquema, que cobraria propinas de prefeituras para aprovação de contas.
“Verificamos a existência de quebra de decoro”, disse Luiz Paulo. Segundo ele, a representação foi feita com base nos dados do inquérito da PF sobre o caso e do relatório da CPI. O documento é assinado também pelo deputado Comte Bittencourt (PPS), subcorregedor.
Se a Mesa Diretora acatar a representação, caberá ao Conselho de Ética da Alerj analisar o caso. Se a proposta de cassação for aceita pelo colegiado, a punição terá de ser aprovada pelo plenário da Casa.
O deputado José Nader Filho não quis comentar o fato, alegando que ainda não teve acesso ao documento da Corregedoria. O esquema no TCE envolveria, de acordo com as investigações da PF, os conselheiros José Nader, pai do deputado, Jonas Lopes e José Graciosa, ex-presidente do Tribunal. Todos foram indiciados pela PF por crimes como corrupção e formação de quadrilha.
Se Nader Filho for cassado, será o quarto integrante da Alerj a perder o cargo por quebra de decoro. Em 2008 foram cassados Jane Cozzolino (PTC), Renata do Posto (PTB) e Álvaro Lins (PMDB).

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.