Em 18 de novembro, 2010, por Hyury

Jornal O Dia – Coluna Informe

POR FERNANDO MOLICA

Rio – Deputados de posições políticas bem diferentes, Marcelo Freixo (PSOL) e Flávio Bolsonaro (PP) encontraram pontos em comum. Eles, Luiz Paulo da Rocha (PSDB) e Comte Bittencourt (PPS) decidiram reivindicar mais democracia e transparência na Assembleia Legislativa.

Na proposta, que será entregue hoje a Jorge Picciani, presidente da Alerj e do PMDB-RJ, eles propõem uma gestão menos personalista na Casa. Pedem concursos públicos, reforma administrativa, direitos para partidos minoritários e divulgação dos gastos e da estrutura da Assembleia.

Consulta ao PMDB

Os quatro aceitam que o PMDB, dono da maior bancada, indique o novo presidente da Alerj. Mas frisam: o partido deve dizer quem é seu candidato (Paulo Melo e Domingos Brazão estão na briga). Também perguntam se o PMDB apoia as ideias do documento.

Limitação

Outro grupo de deputados tenta limitar as reeleições dos presidentes da Assembleia, que têm mandatos de dois anos. Sérgio Cabral ficou oito anos no cargo e foi sucedido por Picciani, que também completará oito anos na função.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.