Em 13 de abril, 2008, por Hyury

Jogo político quase definido

O Fluminense
13/04/2008
Fábio Malta

O jogo de xadrez das eleições municipais de Niterói começa a ganhar sua forma final. Nesta segunda-feira, o tabuleiro começa a se desenhar mais precisamente, pois todos já saberão o vencedor das prévias no PT. Estão inscritos o vereador André Diniz e o deputado estadual Rodrigo Neves. Dependendo do vencedor, um cobiçado aliado, o PMDB, pode tomar rumos diferentes. E levar consigo votos que podem fazer a diferença em outubro.

A considerar as pesquisas de opinião divulgadas até agora, pode-se dizer que um dos “reis” é o ex-prefeito Jorge Roberto Silveira, pré-candidato do PDT. A relativa tranqüilidade em que se encontra quase atraiu até mesmo o prefeito Godofredo Pinto para seu “exército”. O prefeito fez papel de “bispo” nesse jogo: costurou o avanço pelas diagonais, mas teve que recuar. O outro “rei” sairia das prévias do PT.

Um protagonista que pode ser comparado à “rainha” no xadrez, o deputado estadual Comte Bittencourt (PPS), fechou de vez a aliança com Jorge na última quinta-feira. Ainda mantendo a analogia com o jogo, Sérgio Zveiter (DEM) e Gegê Galindo (PSDB) seriam os “cavalos”, pois podem caminhar através de outras peças livremente, já que seus partidos não se comprometeram com nenhum outro que tenha pré-candidato. Zveiter pode anunciar sua posição nos próximos dias.

O vereador Waldeck Carneiro (PT), ex-secretário de Educação, pode ser comparado a uma “torre”, que, no fim da fase em que os adversários se estudam, protegeu Rodrigo Neves.

Os peemedebistas, que têm Moreira como uma das “rainhas” do jogo, aquele personagem que pode caminhar para qualquer lado, querem seguir com o PT, e, nesse caso, é quase certo que indiquem o vice. Porém, condicionam o apoio a um nome forte encabeçando a chapa. Ninguém assume nominalmente, mas o preferido era Rodrigo. Moreira e a Executiva devem se reunir nesta segunda-feira para bater o martelo.

A ida de Moreira e do PMDB para a coligação com Jorge e Comte esbarraria numa preferência que o deputado teria conquistado para indicar o vice, e no fato de que o governador Sérgio Cabral Filho, peemedebista, apóia o petista Alessandro Molon na capital.

Fontes do PT Niterói garantem que Cabral declararia se apóia ou não o nome petista na cidade logo depois das prévias deste final de semana. Há ainda, defendendo a candidatura própria, o vice-presidente do partido, Flávio Mendonça, que colocou o nome à disposição.

O xadrez é um jogo com mais de 500 anos de história, utilizado até para ensinar estratégias de guerra. Através dele, pode-se ter uma idéia também de como é complexa a arrumação do tabuleiro eleitoral em Niterói.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.