Em 21 de janeiro, 2009, por Hyury

Faetec dispensa provas e vai selecionar por meio de títulos

Folha Dirigida
22/01/2009

CRÍTICAS | Deputado promete pedir explicações ao presidente da Faetec

Faetec dispensa provas e vai selecionar por meio de títulos.
1.902 funcionários serão contratados sem a realização de concurso

A informação de que a admissão de 1.902 professores, pedagogos e instrutores temporários para a Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (Faetec) se dará através da comprovação de currículos, e não mediante a realização de concurso público, causou estarrecimento no presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa do Estado (Alerj), deputado Comte Bittencourt (PPS). Em viagem ao exterior, o parlamentar comentou, através de sua assessoria, que viu o fato com estranheza. “Esta situação me causa estranheza porque uma emenda ao orçamento do estado deste ano, de minha autoria, que previa a destinação de recursos para a realização de concurso público para a Faetec, foi aprovada em plenário. Desta forma, eu não entendo porque a direção da Faetec resolveu contratar estes profissionais através da análise de currículos. De qualquer forma, na semana que vem, quando retornar ao país, me reunirei imediatamente com o presidente da Faetec, Nelson Massini, para discutir esta questão”, declarou o deputado.
Procurado, Massini não foi localizado pela reportagem. Em seu lugar, a vice-presidente educacional da instituição, Maria Cristina Lacerda, explicou porque as contrataçõesserão realizadas através daanálise de títulação. “Nós optamos por realizar esta seleção através de cadastro em nossa página na internet pelo fato de não termos tempo disponível para realizar a seleção pública. É preciso notar que as aulas da Faetec começam no dia 9 de fevereiro, e nós não teríamos condições de admitir estes funcionários até esta data se optássemos pela realização do concurso”, afirmou a dirigente. Segundo ela, um outro pedido, para a contratação de funcionários de forma definitiva, através de concurso, está aguardando aprovação na Casa Civil do governo. “Na realidade, o decreto do governador autorizando a contratação temporária destes profissionais veio muito tarde, muito em cima do início do ano letivo. Por isso, nós optamos pela contratação através do cadastro. De qualquer maneira, já existe um pedido de concurso público tramitando na Casa Civil. Quando ele será realizado depende do governo, mas assim que for nós iremos dar início à realização do concurso.”

Saiba como concorrer a uma das 1.902 vagas temporárias

Os interessados em concorrer a uma das 1.902 vagas temporárias da Faetec têm até esta sexta-feira, dia 23, para se inscrever no site da Fundação, através do link “cadastro de reserva para a contratação temporária de professores e instrutores”. A lista dos classificados será disponibilizada no site três dias úteis após o fim do cadastramento, ordenada pela soma dos pontos atribuídos por titulação e comprovação de experiência apresentados. No total, serão admitidos, por um período mínimo de dois anos e máximo de três, 489 professores I com carga horária semanal de 20 horas (remuneração de R$810,43), 765 professores I 40 horas (R$1.620,86), 27 professores II 40 horas (R$1.157,76), 391 instrutores 40 horas (R$1.157,76), 151 pedagogos 40 horas (R$1.620,86) e 79 professores de ensino superior 40 horas. Para este último cargo, a remuneração vai depender da titulação: especialista (R$2.273,35), mestre (R$2.602,76) e doutor (R$2.979,89). Os selecionados serão convocados por correspondência e deverão comparecer em local, dia e hora determinados, portando original e cópia dos seguintes documentos: carteira de identidade, carteira de trabalho e previdência social, CPF, título de eleitor (comprovando a quitação com a justiça eleitoral), PIS/PASEP, certificado de serviço militar, comprovantes de naturalização (para estrangeiros) e residência, além de documentação comprobatória de experiência na área de atuação, dos títulos que possui, de habilitação na função para a qual será contratado e atestado de saúde recente.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.