Em 30 de março, 2011, por Hyury

Faetec criará três mil vagas para cursos técnicos

Cerca de três mil vagas para cursos técnicos serão criadas pela Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado (Faetec), até o final do ano de 2011. O anúncio, feito pelo presidente da instituição, Celso Pansera, foi feito na  audiência pública da Comissão de Educação, realizada hoje (30/3), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).   

Durante a audiência, o presidente da comissão, deputado Comte Bittencourt (PPS), lembrou o concurso público da Faetec. “Reconheço os avanços da instituição. O estado está chamando quase mil novos professores, mas ainda vai manter mais de três mil em contratos temporários”, disse Comte, referindo-se aos 3.070 professores terceirizados da Faetec.

Pansera anunciou também que três novas unidades da Faetec serão inauguradas este ano e que, das três mil vagas abertas, mil serão para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). As novas unidades ficarão em Volta Redonda, Imbariê e Bacaxá. Ele afirmou também que a fundação atende atualmente 330 mil alunos, que se dividem entre as escolas de Ensino Técnico, Fundamental, Institutos Superiores de Educação e Tecnólogos, além dos Centros de Educação Tecnológica Profissionalizante (Ceteps) e Vocacionais Tecnológicos (CVTs), responsáveis pelos cursos de capacitação de curta duração. Ele falou ainda das reivindicações dos servidores, como o pagamento de vale-transporte. “A opção dessa gestão é o RioCard. Quando houver aumento, o benefício será reajustado automaticamente e o funcionário não terá perda em hipótese alguma”, disse Pansera.

Coordenador-geral do Sindicato dos Profissionais da Educação da Faetec (Sindpfaetec), Marcelo Costa reclamou da demora do governo para conceder o vale-transporte aos servidores. “Já se passaram oito anos desde que adquirimos este direito”, protestou. “A indicação política de diretores, nos Ceteps e CVTs, continua existindo”, completou.  Outro representante do Sindpfaetec, Roberto Bittencourt concordou, mas lembrou os ganhos dessa gestão. “Sei que falta muita coisa na instituição, mas não posso deixar de reconhecer os avanços da Faetec nos últimos anos”, disse Roberto.  

Estiveram presentes na audiência outros deputados e representantes de alunos e professores da fundação, além da diretora do Instituto Superior de Educação do RJ (Iserj), Sandra Santos.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.