Em 12 de abril, 2011, por Hyury

Exame bimestral avaliará o ensino no estado para melhorar colocação do Rio no Ideb

RIO – A partir de quarta-feira, alunos da rede estadual de ensino terão de provar por A mais B seus conhecimentos em língua portuguesa e matemática. A cada bimestre, estudantes do 5º e do 9º anos do ensino fundamental e das três séries do ensino médio serão submetidos a provas das duas disciplinas. Chamado de Sistema de Avaliação Bimestral do Processo de Ensino e Aprendizagem, o Saerjinho tem como objetivo permitir à Secretaria estadual de Educação detectar as dificuldades de aprendizagem de todas as turmas.

A secretaria se baseará nos resultados dessas avaliações para ajustar as práticas docentes à realidade dos estudantes. Com isso, planeja traçar políticas públicas de melhoria da qualidade da educação básica. Desenvolvido a partir do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro (Saerj), o Saerjinho terá provas de língua portuguesa com foco em leitura e de matemática, baseada na solução de problemas. Os exames serão aplicados em todas as escolas da rede, nos três turnos, pelos próprios professores que estiverem em classe. A direção de cada colégio estabelecerá o horário mais adequado para a realização das provas, que poderão contar ainda como parte das avaliações bimestrais dos alunos. Os resultados serão disponibilizados na internet.

Rio ocupa a penúltima colocação no ranking

A meta da secretaria é alçar o Estado do Rio a uma das cinco primeiras posições no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), até 2014. No ranking mais recente, divulgado no ano passado, o estado ficou na penúltima colocação, à frente somente do Piauí e empatado com Alagoas, Amapá e Rio Grande do Norte. Além do Saerjinho, de acordo com a secretaria, cada escola da rede estadual está trabalhando com metas específicas a serem alcançadas. Junto dos simulados bimestrais, ainda segundo a secretaria, a rede contará com uma avaliação própria, que dará origem ao Índice da Educação Básica do Rio de Janeiro (Iderj).

O novo método de avaliação foi criado este ano. Para a secretaria, os resultados das provas vão apontar a eficiência e a qualidade do aprendizado em cada uma das escolas. A análise dos desempenhos poderá ser útil em várias áreas do sistema de ensino, segundo o governo do estado. Esta terça-feira será a primeira vez que as provas serão aplicadas, e todas as escolas vão receber a avaliação nos três turnos, sempre no horário das aulas.

O Globo

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.