Em 08 de agosto, 2011, por Assessoria de Comunicação

Educação estadual vai abrir 2 mil vagas para professores

Salário inicial será de R$ 1.695,04. Aprovados terão carga horária semanal de 30 horas

Rio – A Secretaria Estadual de Educação vai lançar, em breve, edital de concurso com 2 mil vagas para Docentes I sob novo regime de 30 horas semanais. As chances serão para Matemática, Português, Física, Química e Geografia. As regras devem sair logo assim que a Assembleia Legislativa do Rio aprovar criação da carreira com nova carga horária. A previsão é de que o edital saia em dois meses. Salário inicial será de R$ 1.695,04.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Segundo a secretaria, a organização ficará por conta da Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro).

As vagas para Matemática e Português são destaques por serem de disciplinas com carga horária maior na matriz curricular. Já as destinadas à Física, Química e Geografia são mais uma tentativa de reduzir a carência de professores nessas áreas, uma vez que há dificuldades em encontrar profissionais formados em tais carreiras.

Os candidatos poderão escolher, no ato da inscrição, a unidade que desejam lecionar, de acordo com a Diretoria Regional e o município. Para o secretário estadual de Educação, Wilson Risolia, “o aumento da carga horária, de 16 para 30 horas, vai permitir maior convívio com os estudantes e participação mais efetiva em atividades e projetos propostos pela escola e pela secretaria”.

Matérias exatas exigem mais prática

Para o diretor do Concurso Virtual, Marcelo Marques, o grande diferencial para as matérias exatas é a prática de exercício. “Muitos estudam e não praticam, o que, na hora da prova, atrapalha a cadência das repostas. É muito importante que o concurseiro faça simulados para se exercitar”, orienta.

Para o especialista, o candidato não pode basear o ritmo de estudo nos editais. “Ele deve estudar matérias básicas, como português e conhecimentos gerais, de modo que quando houver a confirmação da vaga, consiga estudar as específicas com calma”.

Agilidade para responder as perguntas mais longas

Segundo Marcelo Marques, a metodologia da Fundação Ceperj é de provas com questões de múltipla escolha com cinco opções. “Esse modelo é excelente para o aluno que vem se preparando com antecedência, pois a Ceperj traz questões multidisciplinares, envolvendo várias matérias na mesma pergunta”, explica.

Para ele, a grande dificuldade nos exames da Fundação Ceperj é que os textos das questões e das respostas são longos, e o candidato pode não conseguir terminar a prova a tempo.

Por isso, a dica é estar bem treinado, responder as perguntas que sabe rapidamente e, se tiver dúvida, pular a questão.

Jornal O Dia
Alessandra Horto

Acompanhe o Comte

Veja e acompanhe o deputado Comte não regiões do Rio de Janeiro, selecione uma região para filtrar e exibir o conteúdo e aprimorar sua navegação.

Mapa Região Noroeste Fluminense Região Norte Fluminense Região Serrana Região Centro-Sul Fluminense Região das Baixadas Litorâneas Região Metropolitana Região do Médio Paraíba Região da Costa Verde Região da Costa Verde

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.