Em 04 de dezembro, 2009, por Hyury

Deputado Comte Bittencourt cobra explicações sobre falhas no RioCard

DSC00028A reunião que o deputado Comte Bittencourt (PPS) realizou ontem (3/12) com o coordenador de transporte escolar da Secretaria Estadual de Educação (Seeduc), Márcio Pimentel, e com o diretor-executivo de Negócios da Fetranspor (Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro), Edmundo Fornasari, trouxe uma boa notícia para os alunos da rede pública do estado. Comte, que é presidente da Comissão de Educação da Alerj, queria explicações sobre os problemas ocorridos com o computador central do RioCard esta semana e que deixou milhares de estudantes sem chegar às suas escolas.

Segundo Fornasari, o problema serviu de ensinamento e, a partir de agora, qualquer interferência na transmissão de dados não poderá bloquear a passagem gratuita dos cerca de 1,2 milhões de alunos que circulam diariamente nos ônibus das 212 empresas da Fetranspor. Fornasari afirmou na reunião que os cerca de 100 mil trabalhadores rodoviários ligados à federação, principalmente motoristas e trocadores, já estão alertados sobre isso. Nesse caso, se uniformizados, e portando o cartão, por orientação da própria Fetranspor, todos os alunos poderão embarcar nos ônibus pela porta de trás.

Ainda segundo Fornasari, os problemas ocorridos esta semana atingiram apenas 2% do total de alunos que utilizam os ônibus. Ou seja, apenas em torno de 25 mil estudantes ficaram sem conseguir chegar às escolas.

“Nossa obrigação era cobrar uma explicação e uma solução para que problemas como esse não aconteçam mais. Tem que haver um plano extra para falhas nos computadores do RioCard. O que não pode é criança deixar de ir à escola por falta de transporte”, disse o deputado Comte Bittencourt, presidente da Comissão de Educação da Alerj.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.