Em 02 de março, 2011, por Hyury

Comte é o novo corregedor da Alerj

Deputado do PPS teve 36 dos 49 votos dos parlamentares presentes à sessão realizada ontem. Marcelo Freixo e Janira Rocha, do PSOL, se abstiveram e o próprio Comte, que preferiu não votar em si mesmo.

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) elegeu ontem o deputado estadual Comte Bittencourt (PPS) como o novo corregedor da Casa. O parlamentar, que foi o único indicado por todos os partidos representados no Legislativo fluminense, recebeu 46 dos 49 votos dos parlamentares presentes na sessão. Os deputados do PSOL, Marcelo Freixo e Janira Rocha, se abstiveram. Além do próprio Comte, que preferiu não votar em si mesmo. Bernardo Rossi (PMDB) foi também indicado pelos partidos para ser o corregedor–substituto. O mandato é de dois anos.

“A Corregedoria recebe as denúncias contra os deputados pela Secretaria da Mesa Diretora da Casa e as apura e remete para a Comissão de Ética o seu parecer. Estou cumprindo uma missão uma vez que fui corregedor-substituto (Luiz Paulo, do PSDB, foi o corregedor titular). Preferi não votar em mim mesmo porque todos os partidos me apoiaram”, explicou o deputado.
O parlamentar considera o trabalho uma missão.
“Espero não ter que apurar nenhuma denúncia de quebra de decoro contra algum colega ou representação”, declarou, acrescentando que até o momento, a Corregedoria não recebeu qualquer denúncia.

Bernardo Rossi contou que usará de sua experiência como presidente da Câmara de Vereadores de Petrópolis para auxiliar Comte.
“Fui vereador por dois mandatos e no último, como presidente da Câmara, criei o Código de Ética da Casa”, observou.

Durante a atuação de Luiz Paulo e Comte na Corregedoria, em abril de 2008 foram cassadas as deputadas Jane Cozzolino (PTC) e Renata do Posto (PTB), acusadas de liderar quadrilha especializada em fraudar o benefício auxílio-educação, que provocou rombo de R$ 3 milhões nos cofres públicos na época. Em agosto do mesmo ano foi cassado o deputado Álvaro Lins (PMDB), acusado de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção passiva e facilitação ao contrabando.

Comissões – Mais duas comissões permanentes da Alerj elegeram ontem seus presidentes e vices. Ao todo, 35 das 36 comissões já foram instaladas. À frente da Comissão de Servidores Públicos está o deputado Marcus Vinicius (PTB).
Já para a Comissão de Ciência e Tecnologia foi eleito o deputado Dionísio Lins (PP).

Anderson Carvalho
O Fluminense

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.