Em 12 de janeiro, 2007, por Hyury

Comodoro do Clube Naval diz que infra-estrutura está pronta. Cidade negocia para abrigar competição de vela do Pan

Jornal do Brasil – Niterói

12/01/2007

Berço da vela no país, Niterói corre por fora para ser a sede das competições da modalidade no Pan-Americano do Rio de Janeiro, em julho. Com o imbróglio jurídico envolvendo as obras na Marina da Glória, no Rio, o Clube Naval de Charitas se tornou forte candidato a receber as legações da vela nos jogos.

Empenhados em trazer a competição da vela para a cidade, o prefeito Godofredo Pinto e a secretária municipal de Esportes, DinaFeijó, marcaram uma reunião com a direção do Clube Naval Charitas para, juntos, formalizarem uma proposta oficial ao Comitê de Organização dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro (CO-Rio).

– Já oferecemos a nossa estrutura aos organizadores – ressalta Feijó. – Todavia, ontem, o prefeito me delegou a missão de fazer os contatos com os comitês de organização dos jogos e o novo presidente da Confederação Brasileira de Vela, Lars Grael, com o objetivo de avançarmos sobre a proposta. O comodoro Luis Fernando Carvalho reiterou ontem que o Clube Naval de Charitas está pronto para a competição.

– Temos garagens, três guindastes e rampas para os barcos, além de um hotel dentro do clube – disseCarvalho. – Temos toda a infra-estrutura náutica. Aqui não será preciso investir um só tostão.

Ainda de olho no Pan-Americano, a Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur) se prepara para receber os turistas que chegarão à cidade. Ontem, no auditório da prefeitura, o VÍce-prefeito e coordenador das políticas públicas de turismo da cidade, Comte Bittencourt, e o presidente da Neltur, José Haddad, fizeram a entrega de diplomas para 30 taxistas, formados no curso de língua inglesa.

– Temos que aproveitar a proximidade com o Rio para investirmos em nosso turismo disse Comte.

Os novos cursos de capacitação profissional abordarão o atendimento aos turistas, os atrativos turísticos da cidade, além das novas turmas de língua inglesa, voltadas não só para os taxistas, mas também para os guardas municipais, agentes de trânsito, profissionais da rede hoteleira e gastronômica.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.