Em 22 de dezembro, 2009, por Hyury

Cabral sanciona metas do Plano Estadual de Educação

Jornal Extra
Antero Gomes

Todas as 1.061 escolas da rede pública estadual que oferecem ensino fundamental terão que ter horário integral até 2019. A meta faz parte do Plano Estadual de Educação, sancionado pelo governador Sérgio Cabral. A sansão foi publicada no Diário Oficial de ontem. Até 2011, pelo menos outras 33 unidades terão que se adequar à nova regra, oferecendo horário integral nos anos finais do ensino fundamental.

O plano, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa no último dia 15, prevê mais de cem metas a serem cumpridas a partir de 2010. Em relação ao horário integral, a regra deverá ser cumprida progressivamente em unidades com ensino fundamental. A cada ano, pelo menos 10% dos colégios deverão oferecer o turno dobrado para os seus alunos nos anos finais do ensino fundamental.

De a cordo com a Secretaria de Educação, o estado tem, ao todo, incluindo ensino fundamental e ensino médio, 1.437 unidades. Dessas, 1.061 têm apenas ensino fundamental ou oferecem aos alunos tanto fundamental quanto médio. Hoje, dessas 1.061, 179 já oferecem estudo em tempo integral. Ou seja: em 2010, a meta de 10% já teria sido atingida.

— Além disso, o estado terá que, no prazo de dez anos, estender o horário integral para 30% das unidades que oferecem ensino médio — disse o presidente da Comissão de Educação da Alerj, deputado Comte Bittencourt (PPS).

Segundo a secretaria, 1.043 unidades oferecem ensino médio. Desse total, 99 já são de horário integral. Até 2019, mais 213 terão que atingir a meta.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.