Em 11 de março, 2009, por Hyury

Audiência conjunta marca primeira reunião da Comissão de Educação da Alerj em 2009

11/03/2009

A Comissão de Educação da Alerj, presidida pelo deputado Comte Bittencourt (PPS), realizou audiência pública na Câmara de Vereadores de São Gonçalo para discutir os problemas que a rede de educação está sofrendo devido a municipalização. O vereador Marlos Costa (PT), da Comissão de Educação do Legislativo Gonçalense presidiu a audiência no Plenário que estava lotado de professores e alunos de várias escolas, principalmente do Instituto de Educação Clélia Nanci. O Instituto está sofrendo com o descaso da Secretaria de Estado de Educação,e falta em seu quadro, inspetores e hoje só há uma secretária para atender aos quase 5 mil alunos.
O deputado convidou todos os presentes para a audiência que a Comissão vai realizar no próximo dia 25, na Alerj, com a Secretária Tereza Porto, onde pretende abordar, entre outros assuntos, o problema que o Instituto Clélia Nanci está passando. Comte também sugeriu uma audiência no próprio Instituto, mas ainda não decidiu a data.
A Secretária Municipal de Educação de São Gonçalo, Keyla Nícia, afirmou que o processo de municipalização está acontecendo desde 2005 e que muitas Escolas não estavam em boas condições, ” inclusive dos 6 (seis) colégios estaduais que recebemos este ano, ficamos apenas com 3(três)”concluiu.
Segundo o deputado Comte Bittencourt (PPS), essa será a primeira de uma série de audiências conjuntas com o Legislativo municipal que a Comissão quer realizar. “Quero aproximar ainda mais o Legislativo Estadual com o Legislativo Municipal. A próxima audiência quero fazer na Baixada Fluminense, que também está com sérios problemas na educação”.
A coordenadora da metropolitana II, Maria Helena Santos Vieira, não compareceu e será agora convocada pela Comissão da Alerj.
Também estavam presentes, a representante do SEPE, professora Maria Beatriz Lugão; o deputado Alessandro Molon (PT) e vereadores.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.