Em 13 de fevereiro, 2010, por Hyury

Aparelhos de ar-condicionado instalados em escolas são alugados

POLÊMICA QUENTE
Extra On Line

Não são somente as salas de aula da rede pública estadual que estão quentes neste início de ano letivo. Os custos das obras necessárias para a instalação dos aparelhos de ar-condicionado nos colégios estaduais estão esquentando ainda mais os ânimos. Em visitas feitas no início da semana, o EXTRA encontrou valores (registrados em murais), em alguns casos, de quase R$ 300 mil por unidade. Detalhe: os equipamentos que estão sendo instalados são alugados (por prazos de 12 meses).

“O Instituto Estadual Carmela Dutra, em Madureira, também está com os aparelhos instalados, mas sem funcionar ainda. Duas coisas que ninguém reparou: a obra custa R$ 290 mil e os aparelhos são alugados” comentou, no Extra Online (www.extraonline.com.br), o leitor Ricardo da Silva Paiva.

Adiamentos

Segundo a Secretaria de Educação, o valor de R$ 290 mil não é somente para o aluguel e a instalação de 50 aparelhos na unidade. Inclui ainda execução de instalação elétrica exclusiva, substituição de portas e ferragens, fechamento em vãos, adaptação das esquadrias de janela, novas instalações elétricas para atender ao programa Conexão Educação e pintura geral interna.

O deputado estadual Comte Bittencourt (PPS) aponta outro problema.

— O prazo de entrega não foi cumprido — diz, referindo-se a sucessivos adiamentos.

Trajetória

@comte_educacao

Informativos em PDF

Fique por dentro do boletim informativo Comte, clique e veja.